Japamala de 108 contas de pedra natural, confeccionado com nozinhos entre as contas, proporcionando assim o espaçamento ideal para a prática da meditação, além de dar mais durabilidade e beleza a peça.

Quartzo Transparente- 6 mm

Quartzo Verde- 8 mm

Meru com Quartzo Transparente e Quartzo Verde - 8 mm

Tassel de fios de seda

Obs: Por se tratar de pedras naturais, cada peça possui características únicas, podem ocorrer variações de cores e tons.

*** Produto artesanal exclusivo de fabricação própria.

 

O Quartzo transparente é um cristal que serve para várias funções pois possui vibração que reflete e irradia luz branca, que contém todos os raios do espectro de cor, podendo ser programado para assumir as cores das demais pedras. Também tem a função de potencializar os outros cristais que estão próximos a ele por ser um amplificador de energia. Sua estrutura cristalina especial amplia e purifica as energias de pessoas e ambientes. No físico atuam favorecendo a desintoxicação do corpo, auxiliando a circulação da energia vital (Prana ou Chi) pelos meridianos. No emocional, ajudam a equilibrar os sentimentos, reduzem a ansiedade e melhoraram os casos de tristeza ou desanimo. No mental, auxiliam a melhorar sensivelmente a clareza dos pensamentos e nos ajudam a encontrar soluções para todos os tipos de problemas.

 

O Quartzo Verde é um cristal de prana verde muito utilizado para a limpeza energética e para a cura na aura da saúde. Ele transmite a energia curativa do Raio Verde e assim fortalece a saúde como um todo, rejuvenesce o corpo e aumenta nosso poder de autocura. O Quartzo verde trabalha melhorando toda a saúde, aumentando nossa energia e fortalecendo todos os processos de cura e aumentando nossa disposição e energia.

 

Todos os nossos cristais são limpos e energizados com as técnicas de Pranic Healing para que as melhores energias cheguem para você. Só não esqueça de continuar cuidando dos seus cristais! Pode ser limpando com incenso de lavanda ou sândalo, água com sal, deixando na terra, na lua, no sol, entoando mantras, entre outras técnicas de limpeza e energização.

 

O que é um Japamala?

 

O Japamala é um cordão de 108 contas ou divisões desse número que é utilizado para recitar mantras, auxiliar na meditação e como amuleto de proteção. O nome “Japamala” vem do sânscrito, "Jap" que significa sussurrar, rezar e "Mala" significa cordão, terço e o significado, que tem origem no sânscrito, é “objeto que reúne energias espirituais”. Sua principal função é contar mantras, orações ou intenções. Geralmente o Japamala tem 108 contas, mas também existem japamalas em outras divisões desse número, como 18 contas, 27 contas, 36 contas e 54 contas, que também formam divisões de 108, de modo que o mesmo cálculo possa ser mantido. Chegar ao "Meru", a conta central no mala de 108 contas mostra que você fez o seu "japa" por 108 vezes. Segundo a filosofia yogui, ao se completar o circuito de 108 repetições da oração, mentalização ou mantra, alcança-se um estágio superior na consciência chamado de transcendental (estágio que ultrapassa as fixações da mente, mantendo a consciência concentrada em si mesma).

 

Por que o Japamala tem 108 contas?

 

O número 108 tem um poderoso significado espiritual na cultura da Índia. Por exemplo:

* No alfabeto sânscrito, existem 54 fonemas masculinos e 54 femininos - Shiva e Shakti. Somados, resultam no número 108;

* De acordo com a teoria dos chakras, o chakra cardíaco (do coração) é formado por 108 linhas de energia;

* Acredita-se que Krishna contava com 108 "gopis" - palavra que significa "pastor", no hinduísmo. As Gopis de Krishna eram companheiras, mensageiras ou criadas desse Deus;

* Algumas linhas do budismo acreditam que há 108 virtudes que devem ser cultivadas e 108 impurezas que devem ser evitadas.

 

Como utilizar um Japamala?

 

O Japamala pode ser utilizado como amuleto de proteção, no pescoço como colar, no pulso como pulseira ou nas mãos para auxiliar na meditação e/ou recitação dos mantras. Segure o seu japamala na mão direita e deixe que ele escorregue sobre o dedo do meio. O dedo indicador não deve tocar as bolinhas, ficando estendido durante todo o período da ento